Velas e Magia - História

Velas têm uma longa e interessante história de culto religioso, magia e folclore.
Elas iluminam o caminho para o sagrado, dissipam as forças das trevas, pois elas
estão associadas a fantasmas e mortos, e desempenham um papel importante em magias.

A origem das velas não é conhecida, mas há indícios de que as velas de cera eram usadas no
Egito e em Creta em 3000 aC . As velas eram feitas de um material fibroso,
como juncos, saturado com sebo.

Os povos antigos observaram que as chamas das velas revelaram coisas misteriosas. Ao olhar para dentro de uma chama, poderiam entrar em um estado alterado de consciência e ver deuses e espíritos, ou ver o futuro. Os egípcios usavam as velas para obtenção de repostas durante o sono.

Antigos Pagãos usavam velas em cerimônias religiosas, uma prática que os romanos protestaram com veemência dizendo que "a iluminação das velas era inútil ao meio-dia." Por volta do século quarto,
 as velas faziam parte de rituais cristãos, elas eram colocadas nos altares da igreja. A Igreja Católica estabeleceu o uso de velas santas consagradas em rituais de bênçãos para absolver os pecados, e exorcizar demônios.

História da caça ás Bruxas.

Durante a caça às bruxas da Idade Média e do Renascimento, manuais de inquisidores, como o Malleus Maleficarum (1486) prescreviam as velas santas como entre os objetos consagrados "para preservar-se do prejuízo de bruxas".
Os agricultores usaram velas santas para proteger seu rebanho do perigo de feitiços.

De acordo com a sabedoria que prevaleceu durante a caça às bruxas, diziam que as bruxas acendiam velas em seus sabás como oferendas de lealdade ao Diabo, que foi muitas vezes retratado usando uma vela acesa entre seus chifres.

Acreditava-se que as bruxas fizeram uso perverso de velas santa para colocar maldições sobre os indivíduos.


Magia Negra


As velas feitas de gordura humana foram criadas para conter a energia da vida, e, supostamente, foram usadas na Missa Negra, no século 17, e em outros rituais de magia negra. O Albert Petit, um Grimoire do século 18, afirma que uma "vela magica" feita de sebo humano possa revelar um tesouro enterrado.Os caçadores de tesouros, foram aconselhados a levar consigo lanternas com velas consagradas,
não só para a luz, mas para evocar os espíritos dos mortos que foram ditos para proteger o tesouro enterrado.
Os espíritos eram convocados em nome de Deus, a fim de ajudá-los a encontrar "um lugar de descanso tranquilo."

Na virada do século 19, Francis Barrett, autor de O Mago (1801), escreveu que as velas feitas de
"algumas coisas saturninas, tais como a gordura de um homem e medula óssea, a gordura de um gato preto,
com o cérebro de um corvo traziam grande horror e medo sobre os espectadores que a viam acesa".

Velas e os Mortos

No folclore, as velas têm uma forte associação com os mortos, talvez, porque que remonta aos velhos costumes judaicos,
mais tarde adotado pelos cristãos, de acender velas para os moribundos e mortos. Uma vela acesa colocada ao lado
da cama de um moribundo acredita-se que sirva para espantar demônios. No folclore americano, no entanto, uma vela acesa em um quarto vazio irá causar a morte de um parente. Superstições sobre velas dizem que uma vela que queima azul significa que um fantasma está por perto.

Wicca e Magia Prática

Em alguns rituais Wicca, velas brancas consagradas são colocadas em altares nos quatro cantos de um círculo mágico.
Velas coloridas são usadas em muitas fórmulas mágicas, cada cor tem sua própria vibração, atributo, simbolismos e influências.

Como parte da preparação para lançar um feitiço, esfregue uma vela com o óleo da unção enquanto se concentra no objetivo do feitiço. A fórmula do óleo será determinada pelo efeito desejado do feitiço. Ou, escrever um feitiço sobre uma vela e, em seguida, queimá-la.
Reações:

2 comentários:

Thani disse...

Olá! Não sou wiccana, mas procuro seguir ensinamentos celtas. Gostei muito do blog, tanto pelo conteúdo quanto pelo layout. É muito bonito e eu não poderia deixar de comentar.
Seja(m) abençoada(o)(s)!!!

ulisses sebrian disse...

Ola! Tudo Bem! Me nome é Ulisses Sebrian
e visitei o seu blog e gostei muito. Entrei como
Seguidor se não se importa. Parabéns pelo seu blog
e boa sorte.
Gosto de literatura fantástica e magia.
Sou autor de 9 romances disponíveis em meus blogs.
Ah!Também tenho 4 blogs e gostaria que o visitasse.
E se possível entrar como seguidor. Obrigado
Os meus blogs são:
http://truquedevida.blogspot.com.br/
http://olhosdnoite.blogspot.com.br/
http://melquisarcarde.blogspot.com.br/
http://concientein.blogspot.com.br/