OS ELEMENTAIS DO AR: Constituído por Sílfides ou Silfos e Elfos.


Somos parte da energia do Ar e ela é parte de nós. O ar está relacionado com nosso nível espiritual e sua força. As correntes de pensamento de muitas pessoas influem, segundo o princípio de causa e efeito, atmosféricamente sobre o tempo, sobre o ambiente e em torno dele. Nossos pensamentos criam campos de energia escuros ou claros, dependendo da energia com que nos achamos carregados. O ar transmite a informação, não importa como esta seja.
A iniciação no Elemento Ar tem que ver com a fragmentação ritual. O corpo se divide em nível espiritual, é purificado e recomposto de novo. Posteriormente é abençoado com as oferendas do reino espiritual. O iniciado desmonta pontes, une, não valora nem julga, e junta de novo, conhece a força e o poder dos pensamentos e o silêncio.
Desde o sopro do vento até o furacão, em todas as partes estão presentes os espíritos do ar: os guardiões dos quatro ventos cavalgam na tempestade, as sílfides voam aqui e acolá ma ligeireza do ar, os espíritos das tempestades, as boreas sopram; as fadas do ar, elevam os animais do ar e transportam as sementes de um lugar ao outro. Se ocupam do correto intercâmbio da energia e decretam a força divina da união, da renovação, translado e divulgação, assim como do envio de informação.
Os elementais do ar são delicados e claros e estão dotados de beleza, humildade e sabedoria. Vigiam a atmosfera, que se constrói com distintas correntes e conferem à luz suas propriedades específicas. Sua tarefa consiste em encher o ar de energia, possibilitar o intercâmbio e enviar novos impulsos. Se mostram nos pequenos animais do ar, libélulas, borboletas, abelhas, assim como em todos os insetos voadores.
Nossa respiração, nossos pulmões, nossos pensamentos e nossos relacionamentos em todos os níveis estão relacionados com os elementais do Ar.
Reações:

0 comentários: