Wicca: Parte III - O que as bruxas não são, e Ética

    

Uma maneira rápida de saber o que as bruxas não são é consultar
  O  Malleus Maleficarum (conhecido como
  o “o martelo das feiticeiras”). Este livro foi uma de dois monges medievais, que foi projetado especificamente para a
  perseguição e extermínio de "bruxas".

     Fora isso, as bruxas não adoram a Satanás ou Lúcifer em
  qualquer maneira, forma ou formulário, ativa ou passivamente. Elas não
  realizam sacrifícios de sangue devido à forte crença de que os
  direitos dos outros são considerados como sagrados, como seus próprios.

     As bruxas não são sem ética. Cada bruxa é
  considerada uma pessoa responsável, capaz de fazer suas
  próprias decisões e responder perante o universo em geral para os
  resultados dessas decisões. Temos algo chamado de a Regra de
  Três, que dita que o que você faz vai voltar para você
  Triplicado.
Reações:

4 comentários:

Anônimo disse...

plantemos flores!
e deixemos com que eles plantem preconceito e segregacionismo...

gabriel disse...

gostaria de saber se esse site e so para bruxas e nao bruxos homens porque na maior parte dos textos se usa so a palavra bruxa

Anônimo disse...

gabriel, a wicca é a junção do homem com a mulher, pois o deus e a deusa é o estado perfeito, a vida e a graça. Tanto bruxos como bruxas tem seu poder, mas á milenios as bruxas mulheres sao mais idolatradas pelo seu poder feminino.

Will Ariano disse...

Em qualquer ocasião em que se fale em magia,bruxaria,
feitiços etc... automaticamente o atribuimos a uma mulher, isso porque desde os tempos medievais as mulheres é que foram perseguidas de um modo geral. Acho que usaram a bruxaria como pretexto para dar vasão ao machismo outrora contido, pois a arte q seguimos é totalmente igualitaria; perseguiram a mulher e a religião de nossos ancestrais e no lugar puseram a opresão de uma religião onde a mulher assume um papel secundario. E o homem Divinisado tem poder absoluto.