Óleos essenciais


Óleos Essenciais podem ser usados para perfumar as mãos e as velas.


Alecrim: Indicado para esgotamentos físicos e mentais, dispersão e apatia. Pessoas hipertensas e angustiadas se beneficiam com inalação do aroma de alecrim.

Amêndoa: Utilizado para magias amorosas e restabelecimento da saúde física e mental.

Cedro: Utilizado como sedativo e relaxante, principalmente em dores musculares e crises de asma. No nível sutil é utilizado como símbolo do perdão ou para estimular a concentração meditativa.

Cipreste: Favorece a alquimia interior, a transmutação. Pode-se usar para meditação em grupo.

Gerânio: Indicado para aqueles que estão em busca do potencial criativo, que deseja romper com situações de acomodação ou medos desconhecidos.

Hortelã: Facilita assimilação de idéias, comunicação e auto-expressão. Devolve o bom humor.

Jasmim: O jasmim simboliza o deus do amor "Kama", segundo os rituais hindus. Na China é usado para comemorar o Ano Novo. Usado para purificar ambientes onde existem pessoas doentes, e em locais de discórdia e agressividade.

Lavanda: Oriunda do latim "lavare", se destina à purificação. Também organiza os pensamentos, e se for passada nas têmporas alivia dores de cabeça.

Manjericão: Está associado ao discernimento, coragem, força física, propósito, justiça e harmonia.

Mirra: Está associado a nossa luz interior, criatividade, dinamismo, liderança e ação.

Olíbano: Acalma e desperta a consciência superior e concede o perdão às nossas culpas.

Rosa: Traz alegria, felicidade e harmonia ao lar.

Sândalo: Muito usado em rituais de purificação e meditação, pois acredita-se que tem propriedades de libertação mental. Indicado para ansiedade, medo, repressão ou apatia sexual. Aplica-se uma gota no meio da testa para para que tenhamos a verdadeira visão dos fatos.
Reações:
This entry was posted in

0 comentários: