As origens do Halloween

1. De onde veio o Halloween?
Nossa celebração moderna de Halloween é um descendente do antigo festival celta do fogo chamado "Samhain".


2. O que significa "Samhain"?
O dicionário Irlandês publicado pela Sociedade de Textos irlandês define a palavra como segue: "Samhain, a festa dos mortos nos tempos pagãos e cristãos, sinaliza o fim da colheita e
o início da temporada de inverno, que dura até maio (HN). Ao contrário da informação publicada por muitas organizações, não há evidências arqueológicas e literárias que indicam que Samhain era uma divindade. Os Deuses celtas dos mortos
eram Gwynn ap Nudd para os britânicos, e Arawn para os galeses. Os irlandeses não tinham um "senhor da morte" como tal.

3. Por que o fim do verão tem significado para os Celtas?
Os celtas eram um povo pastoral, em oposição a um povo agrícola. O fim do verão era significativo para eles porque significava a época do ano em que a estrutura de suas vidas mudava radicalmente. O gado era levado para baixo das
pastagens no verão nas colinas, e no inverno as pessoas estavam reunidas nas casas para as longas noites, enquanto contavam histórias e produziam artesanato.

4. O que isso tem a ver com um festival dos mortos?
Os celtas acreditavam que quando as pessoas morriam, iam para uma terra da eterna juventude e felicidade chamada "Tir nan Og". Eles não tinham o conceito de céu e inferno que a igreja cristã mais tarde trouxe para a terra.
Acreditavam ás vezes que os mortos iam morar com o Povo das Fadas. Samhain era o ano novo para os celtas. No sistema de crença celta, o tempo entre um dia e o dia seguinte, o encontro de mar e terra, ou a transformação
de um ano para o próximo eram vistos como momentos mágicos. A virada do ano era o mais potente destes tempos. Este era o momento
em que o "véu entre os mundos" era o mais fino possível, e os vivos podiam se comunicar com seus parentes mortos queridos em Tir nan Og.

5. E sobre os aspectos do "mal" que associamos com a noite de halloween?
Os celtas não tinham demônios e diabos no seu sistema de crenças. As fadas, entretanto, foram muitas vezes consideradas hostis e perigosas para os seres humanos porque elas eram vistas como sendo ressentidas pelos homens que tomaram seu lugar
sobre a terra. Nesta noite, elas às vezes enganavam os seres humanos para que ficassem perdidos nos montes de fadas, onde eles ficariam presos
para sempre. Após a vinda dos cristãos às terras celtas, alguns dos povos viam as fadas como aqueles anjos que não haviam se aliado nem com Deus nem com Lúcifer em sua disputa, e assim, foram condenadas a andar na terra, até o dia do julgamento.
Além de fadas, muitos seres humanos estavam nas ruas nesta noite, causando prejuízo. Uma vez que esta noite não pertencia nem a um ano ou outro, o povo celta acreditava que o caos reinava e as pessoas
iriam se envolver em "piadas, brincadeiras e práticas".

6. "Doces ou travessuras"?
Durante o curso dessas lendas, muitas pessoas imitavam as fadas e iam de casa em casa pedindo doces. O não fornecimento resultava normalmente em piadas de mal gosto para quem estava sendo visitado. Uma vez que as fadas estavam vagando nesta noite, uma oferenda de comida ou leite frequentemente era deixada
por eles nas escadas da casa, assim o proprietário poderia ganhar as bênçãos do "bom povo" para o próximo ano.
Muitas das famílias também deixavam de fora uma "ceia" para os espíritos dos defuntos. As pessoas que estavam nas ruas durante a noite imitando as fadas, às vezes, levavam nabos esculpidos para representar faces. Esta é a origem da moderna lanterna de abóbora.

7. Era esta também uma festa religiosa?
Sim. A religião celta era muito intimamente ligada à Mãe Terra. Suas grandes lendas falavam dos acontecimentos na época de Samhain. Muitas das grandes batalhas e lendas de reis e heróis aconteciam nesta noite.
Muitas das lendas dizem respeito à promoção da fertilidade da terra e o seguro da continuação da vida das pessoas através da estação do verão.

8. Como o festival religioso foi observado?
Infelizmente, sabemos muito pouco sobre isso. Os druidas eram os sacerdotes dos povos celtas. Eles passavam seus ensinamentos através da tradição
oral em vez de escrever, então quando eles morreram, a maioria dos seus ensinamentos religiosos foram perdidos. Nós sabemos que este festival foi caracterizado como um dos quatro grandes "Festivais de fogo" dos Celtas.

9. O que dizer sobre os sacrifícios?
Animais foram mortos certamente nesta época do ano. Este era o momento de "abate" dos rebanhos desses animais que não eram desejados para fins de reprodução para o próximo ano. Certamente, alguns destes teriam sido feitos de uma forma
ritualística para o uso do sacerdócio.

10. Humanos eram sacrificados?
Estudiosos estão acentuadamente divididos sobre esta teoria, com cerca de metade acreditando que ela ocorreu e metade á duvidar de sua veracidade. Alguns falam dos sacrifícios humanos dos celtas, mas outros dizem que
há referências a prática entre os vários povos bárbaros de justiça própria. Há pouca evidência arqueológica direta e relevante para sacrifícios celtas.
Na verdade, há pouca referência a essa prática na literatura Celta também. A única história sobrevivente é a história do Minotauro na lenda grega. Os Fomorianos, uma raça de gigantes
do mal disse que ia habitar partes da Irlanda antes da vinda dos Tuatha de Danaan, ou "povo da deusa Danu", e exigiu o sacrifício de 2 / 3 quartos do leite, milho, e os primeiros filhos nascidos de Fir Bolg, ou habitantes humanos da Irlanda.
De Danaan terminou esta prática na segunda batalha de Moy Tura, que, aliás, ocorreu em Samhain.

11. Que outras práticas foram associadas a esta temporada?
A tradição popular diz-nos que práticas de adivinhação são muito associadas ao Samhain. Entre as mais comuns foram adivinhações para lidar com o casamento, o tempo, e as fortunas que vem para o ano novo.

12. Como essas práticas Celta antigas chegou à América?
Quando a colheita da batata na Irlanda falhou, muitos dos povos irlandêses, descendentes modernos dos celtas, emigraram para a América, trazendo com eles suas práticas folclóricas, que são os restos das observações dos festivais celtas.

13. Os celtas viam este fastival como sendo um festival da colheita?
Sim. Os celtas tinham três colheitas: 01 de agosto, ou Lammas, foi a primeira colheita, quando os primeiros frutos eram oferecidos aos deuses em agradecimento. O Equinócio de Outono foi a "verdadeira colheita". Era quando a maior parte das
cultivações eram trazidas para dentro de casa, e Samhain era a colheita do final do ano. Qualquer coisa que amadurecesse nos videiras ou nos campos após esta data era considerado feito pelas fadas, e impróprios para consumo humano.

14. Alguém hoje celebra o Samhain como uma observância religiosa?
Sim. muitos seguidores de várias religiões pagãs, como druidas e wiccanos observam este dia como um festival religioso. Eles vêem isso como um dia memorial para os seus amigos e parentes mortos. Ainda é uma noite para a prática de várias formas de adivinhação sobre eventos futuros. Além disso, considera-se um tempo
para refletir sobre projetos antigos, fazer um balanço da própria vida, e iniciar novos projetos para o próximo ano.

15. Isso implica o sacrifício humano ou animal?
Absolutamente não! Sacrificios de sangue não são tolerados e praticados pelos seguidores da Wicca moderna ou
druidismo. Pode haver algumas pessoas que pensam que estão praticando Wicca através da realização de sacrifícios de sangue,
mas isso não é tolerado por praticantes de boa reputação das religiões Neo Pagãs.
Reações:

12 comentários:

Anônimo disse...

Gostei muito do texto me ajudou a conhecer mais os celtas, exclareceu duvidas da wicca e do halloween. Queria saber mais da alto-iniciação e da iniciação em covens, na iniciação por covens o bruxu que vai comandar o ritual precisa ser um já iniciado!?
Adorei o blog!!

Anônimo disse...

Seria interesante para sua proxima postagem que encinace sobre o significado dos simbolos das runas e de como fazer-lo. Para as bruxas, poder fazer seu proprio material mistico faz com que a ligaçao aos seus materiais magicos sejam mais fortes. Dar essa opçao as novas bruxas é manter uma tradiçao milenar viva nesses tempos modernos.

Anônimo disse...

Capanema uma cidadezinha no interior do Paraná tem a maior concentração de bruxos e wiccans que se possa imaginar, são muito discretos. Tudo começou com uma história sobre uma bruxa que supostamente não envelhece e vive no interior da cidade há uns 40 anos. Lá tem muito verde, rios.. Lugar incrivelmente natural com uma energia enorme. Pura magia! Seria interessante ver os bruxos de outros lugares visitando a cidade e desvendando suas lendas.

Anônimo disse...

parece ser um lugar fantastico
moro no paraná mas nao sabia da existencia de um lugar assim

Strega Mamma disse...

Muito importante trazer essas informações. Feliz Samhain !

Anônimo disse...

Adorei seu blog, essas informações são indispensáveis para seguidores da wicca

Jorge Lima disse...

Olá!
Bem eu não conheço muito sobre o Wicca. Por isso vim pedir um auxílio.
Meus amigos estão querendo fazer um festa na entrada do inverno e então comecei procurar sobre diversas culturas que comemoram esta data.
E encontrei a Wicca, especificamente o Yule.
Então gostaria que você me desse um toque de como preparar um festa que seja bem próximo ao como os povos antigos comemoravam.

Letícia disse...

Você conhece algum ritual para não se apaixonar? Algo como trancar o coração?

Leo Sousa disse...

Olá adorei o seu blog. Sou praticante de feitiçaria santerista e sou oculumantista. Vi q vc conhece a wicca muito bem, e queria a sua ajuda para entendela, o meu imeil:
leoperreira-11@hotmail.com desde já agradeço

Portugal Wicca disse...

Tema bastante interessante que também já deu origem a um artigo no meu blog. Há quem ache que haloween e samhain são a mesma coisa e há que diferenciar!

magiawiccaportugal.blogspot.pt

Anônimo disse...

Queria saber mais sobre os sabhas e mais sobre a cultura celta tenho uma grande admiração.

no one disse...

então, eu sei q o que irei falar não está muito relacionado ao post do blog, porém eu tenho um pedido pra fazer. se vc achar q não deve responder td bem. eu gosto de pesquisar sobre wicca e paganismo, porém não consigo me imaginar sendo praticante de nada (nada mesmo) pq perco a vontade de fazer as coisas com frequência. porém, queria saber se vc pode me ajudar a me tornar menos "abalada" por forças externas. sei q pode parecer estranho isso q acabei de falar, mas é que eu me sinto muito incomodada quando entro em lugares religiosos, e eu sou obrigada a ir pra igreja com minha mãe e eu me sinto mtooo incomodada lá. vc acha q pode ser a energia do lugar q está me incomodando ou acha que é algo psicológico? e se acha que é algo real, pode me falar um modo de me sentir menos incomodada com o ambiente?
desculpa por qualquer coisa 🌟