O tabuleiro Ouija


O Tabuleiro Ouija é usado em adivinhações e na arte da necromancia. Possui inscritas as palavras "sim" e "não", além das letras do alfabeto e, algumas vezes, outras palavras diversas como "adeus". Uma planchette (dispositivo deslizante de três pernas) é segurada por todos que usam a tábua. Os usuários fazem uma pergunta ao tabuleiro e a planchette começa a se mover, indicando letras que soletram uma resposta.
O nome ouija é uma junção de "oui" e "ja", a palavra "sim" em francês e alemão, respectivamente, pois esta é a primeira resposta ouvida em seu manuseio ("Existe algum espírito presente aqui?").
Espíritos X movimentos inconscientes
Há os que afirmam que a tábua é manipulada realmente por energias diversas ou até mesmo por espíritos. Cientistas dizem que a planchette move-se devido a movimentos imperceptíveis daqueles que controlam o ponteiro - um fenômeno chamado de efeito ideomotor.
História do tabuleiro ouija
O tabuleiro Ouija foi apresentado pela primeira vez ao público norte-americano em 1890, como jogo de salão vendido em lojas de novidades.
E.C. Reiche, Elijah Bond, e Charles Kennard criaram um desenho alfanumérico totalmente novo. Espalham as letras do alfabeto em dois arcos atravessando o meio do tabuleiro. Abaixo das letras ficavam os números de 1 a 10. Nos cantos, haviam "SIM" e "NÃO."
Kennard perdeu a empresa para seu ex-chefe de produção William Fuld, em 1892. Uma das primeiras peças de propaganda de William Fuld, como chefe de sua nova empresa, foi reinventar a história do tabuleiro Ouija. Afirmou ter sido ele próprio quem inventou o tabuleiro, e que o nome Ouija era uma fusão da palavra francesa "oui" para sim, e a alemã "ja" para sim.
Embora os tabuleiros Ouija sejam vendidos geralmente na seção de novidades ou jogos das lojas, muitas pessoas juram que existe algo de sobrenatural neles. Por exemplo, Susy Smith, em 'Confessions of a Psychic' (Confissões de um Médium) afirma que o uso de um tabuleiro Ouija a tornou mentalmente perturbada.
Em 'Thirty Years Among the Dead' (Trinta Anos Entre os Mortos - 1924), o psiquiatra norte-americano Dr. Carl Wickland afirma que o uso do tabuleiro Ouija "provocava uma demência tão violenta que internação em manicômios se fazia necessária".
Será que é isso o que acontece quando amadores tentam mexer com o oculto? Talvez, se eles forem sugestionáveis, não muito céticos e um pouco perturbados para começar. Porém, até pessoas muito inteligentes, que não enlouqueceram, ficam impressionadas com sessões do tabuleiro Ouija. Elas acham difícil explicar a "comunicação" como o efeito ideomotor refletindo pensamentos inconscientes.
Uma das razões para que eles achem essa explicação difícil de aceitar é a de que as "comunicações" às vezes são mesquinhas e desagradáveis. É psicologicamente mais agradável atribuir os pronunciamentos mesquinhos a espíritos malignos do que admitir que alguém entre eles esteja abrigando alguns desses pensamentos. Além disso, algumas das "comunicações" expressam medos ao invés de desejos, como o medo da morte, e idéias como essas podem ter um efeito bem visível e significativo sobre algumas pessoas, especialmente os jovens.
Reações:

6 comentários:

Anônimo disse...

tenho 16 anos,dês de pequeno me interessei muito por bruxaria, feitiços e etc.. minha mãe sempre me privou disso e qualquer coisa que não fosse da religião dela, mas é algo muito forte, tudo pende para esse lado.. é como um ima que me atrai para este lado, mas nao sei se tenho algum ancestral que praticava magia wicca.penso que seja minha falecida vó, mas nao tenho certeza,se alguém puder me dizer algo me dar uma luz agradeço

Anônimo disse...

Fuja disso antes que vc se perca...
Se você tem tendência para isso é melhor evitar

Anônimo disse...

A religião Wicca é uma forma de espiritualidade única e maravilhosa! Recomendo a todos que sentem afinidade com Bruxaria.

Lucca Cidade disse...

É perigoso usar?

Anônimo disse...

Ola pessoas , hoje fiz uma sessão do " jogo " do compasso, e recebi um espírito chamado Paty .
Este espírito falou pra mim que AMANHÃ Me tornarei uma bruxa, através de um ritual feito por meus espíritos ( familiares bruxos e bruxas ) ancestrais , de acordo com a tradição .
Existe algo que eu possa fazer pra descobrir mais sobre isso?

Anônimo disse...

Cuidado , existem muitas regras rígidas q n foram colocadas no artigo e nem como se usa cuidado com o espírito com q se comunica ele n é privado da mentira .