Radiestesia


Do latim "radius" ( raio, radiação ) e do grego "aisthêsis" ( sensibilidade ).

No século dezoito era denominada por rabdomância (rhabdos: vara, mância: práctica de adivinhação) . O termo radiestesia surgiu em 1890 através dos abades franceses Bouly e Mermet, este último era filho e neto de radiestesistas, era conhecido como o príncipe dos radiestesistas Ciência que estuda os campos de energia emanados das pessoas, objetos, coisas e lugares (campos magnéticos, geoenergia, linhas geopáticas, etc.). Estuda também a percepção do corpo às radiações de baixa intensidade, as quais podem medir-se com uso do pêndulo, varetas metálicas ou outro objeto apropriado…

Foram encontrados diversos pêndulos no Egito, no Vale dos Reis.Na China, há dois mil anos antes de cristo, os radiestesistas encontravam água, minérios, coisas, utilizando pêndulos.Vivemos num universo de energias e vibrações… Ainda hoje são conhecidos por "vedores" alguns sensitivos que os agricultores contratam para localizar canais subterrâneos de água.

Utilizando o pêndulo:Escolha um pêndulo ao seu gosto, existem vários em lojas esotéricas.
Segure, sem fazer muita pressão, o fio entre os dedos indicador e polegar, mantenha o braço relaxado, sem relógios, anéis ou pulseiras de metal.

Como se processa o efeito:A intuição/mente superior dá a resposta, o seu sistema nervoso central e periférico fazem mover o seu polegar e indicador de modo imperceptível (movimentos neuromusculares involuntários ). Diz-se que o nosso psiquismo capta e interpreta as vibrações … Entre então em estado meditativo (alpha), fechando os olhos, relaxando o pensamento.

Se o pêndulo se mover da esquerda para a direita ou oscilar em sentido anti-horário a resposta será negativa. Se o pêndulo se mover para a frente e para trás, ou em sentido horário a resposta será afirmativa. Pode utilizar o pêndulo para avaliar a qualidade energética dos alimentos, ou sobre a foto de uma pessoa para saber algo sobre o estado de saúde, localizar pessoas, etc…Segundo alguns radiestesistas no primeiro mês o principiante deverá utilizar o pêndulo 15 minutos por dia, os primeiros cinco minutos seriam para meditação, os restantes dez para utilizar o pêndulo experimentalmente. Sempre no mesmo horário.

Há quem indique que é bom familiarizar-mo-nos com o pêndulo, transportando-o conosco no bolso ou ao pescoço, colocando-o entre as mãos ao meditar, ou colocá-lo em baixo da almofada…
Ao usar o pêndulo esfregue antes as mãos uma na outra para polarizá-las, vá evoluindo a prática da radiestesia com prudência, calma, demora algum tempo até ao aperfeiçoamento…Se utilizar a mão direita com o pêndulo mantenha a mão esquerda fechada.Entre cada pergunta que faça, bata o pêndulo numa base sólida (exemplo: mesa) ou num objecto duro, para desimpregná-lo de energias…

Não pratique radiestesia se estiver cansado(a) ou doente, o seu astral poderia influenciar os resultados. O pêndulo não serve para adivinhar o futuro, não faz futurologia, porque o futuro é alterável a cada momento. Pode utilizá-lo para orientação, assim como o tarot, ou para detectar campos energéticos, ou satisfazer questões referentes a fatos que não se relacionem com o futuro (exemplo: questões pessoais, intuições, objetos perdidos, saúde, estado dos chakras, etc..).

Não pratique radiestesia no meio de incrédulos, as suas mentes irão interferir com o trabalho. EXERCÍCIO:Desenhe numa folha de papel branca um sinal de mais (+) e um sinal de menos (-), o mais representa a resposta afirmativa, o menos representa a resposta negativa.Segure o pêndulo suspenso sobre o sinal de (+), mantendo-o imóvel por instantes, ele depois começará a girar (no sentido horário ou anti-horário).Se ele se mover em sentido horário, você já sabe que significa positivo, faça o pêndulo ficar sobre o sinal (-) para confirmar se ele se move no sentido anti-horário.Agora experimente o pêndulo em diversas coisas, por exemplo veja se um alimento tem energia positiva ou negativa, observe o movimento do pêndulo.
Reações:

0 comentários: